Kit's para cultivo de flores e plantas estão à venda na Loja do Jardim - Clique aqui!

Topiaria passo-a-passo 

Por: Vânia Silva

A imensa dificuldade que tive para conseguir algumas informações sobre a Topiaria e suas técnicas levou-me a escrever um curso sobre esta arte. São cinco apostilas nas quais apresento de maneira bem acessível quatorze técnicas de topiaria entre intermediárias, relacionadas e principais, estas apresentadas em passo-a-passo.

E não é só, também apresento as plantas mais indicadas para cada uma das técnicas, instruções para manutenção de vasos, e várias outras informações importantes para o iniciante ou profissional de jardinagem que trabalha em pequenos espaços e em vasos.

Apresento aqui uma pequena peça, que tem como intenção instigar sua criatividade, caro leitor, para que você se sinta mais confiante, pegue arame e alicate e aventure-se no desenvolvimento de uma peça, pequena, mas muito charmosa. Escolhi a técnica que chamo de Direcionamento em Arame Vazado que serve de base para outras mais complexas e tem um resultado leve e delicado.

O material usado é o seguinte:
- arames galvanizados de espessuras nº 8 e 24,
- um vaso de aproximadamente 15cm de diâmetro na base, 
- substrato o suficiente para encher o vaso,
- seixos para drenagem, 
- uma muda de mini-hera variegata, 
- alicates: um de bico e um de corte.

O arame nº 8 deve ser cortado em dois pedaços, um com 90 cm para as pétalas e outro com 80 cm para a base e as folhas. Do arame nº 24 deve-se ter um pedaço de cerca 60 cm para amarrar as duas partes. Procure moldar as pétalas com aproximadamente 12 cm de diâmetro, pode-se usar algo redondo que sirva de gabarito, deixe 10 cm para amarrar à base. Procure usar luvas de algodão, daquelas para trabalhos manuais para evitar machucar as mãos e para lhe ajudar a trabalhar com o arame.

Inicie a parte de baixo da peça pela base, que deve acompanhar o formato do fundo do vaso, encaixado bem justamente, procure fazer o caule erguer-se do centro da base. Deixe, além da altura do vaso, cerca de 10 cm - essa altura varia muito de vaso para vaso- daí comece a moldar as folhas com 12 cm de comprimento, não muito diferente da largura, use a ponta do alicate de bico para fazer as dobras no arame. Deve-se fazer um desenho, um projeto da peça pronta, use esse desenho para lhe ajudar a moldar as folhas. Deixe acima da segunda folha uns 10 cm para a amarrar. O arame é bem maleável e, com cuidado, pode-se fazer algo bem bonito.

Depois de moldada a peça deve ser amarrada e encaixada no vaso. Cubra o fundo do vaso com os seixos para a drenagem, coloque por sobre eles a muda da mini hera que é a mais indicada, já que se trata de peça pequena. Se for necessário, desbaste cuidadosamente o torrão, tome cuidado para aproximar bem o ramo do caule de sua flor de arame, depois preencha os espaços vazios com o substrato.Direcione cuidadosamente os ramos enrolando-os em esperais ao longo do caule, os ramos devem ficar presos sem maior dificuldade. Veja diagrama da base e das folhas no quadro ao lado.

Regue diariamente, adube, preferencialmente com adubos orgânicos ricos em nitrogênio e potássio, como húmus de minhoca e mantenha-a a planta em local arejado.

Pronto! Você já tem uma Topiaria em desenvolvimento.

 

Vania Silva
Topiária

Topiaria Esculturas Vivas em Vasos
Para mais informações, acesse o site:http://www.esculturasvivas.hpgvip.com.br