Adubo e Fertilizante

Torta de mamona e animais

Gosto muito deste site. Quero parabenizá-los e desejar que continuem cada vez melhor. Pretendia colocar torta de mamona e farinha de ossos em alguns arbustos e vasos do meu jardim, mas minha filha não deixou; a sua justificativa é de que os cachorros da casa iriam comer e que a torta de mamona é venenosa. Gostaria de saber se isso é verdade. Obrigada. Eise Ferraz Lopasso (Belo Horizonte, MG)

Olá Eise! A equipe agradece os elogios! A sua filha tem razão, a torta de mamona realmente é venenosa para os animais de estimação. Em sua fórmula, além dos componentes da mamona, que é uma planta tóxica, há boas concentrações de elementos químicos como o cádmio e o chumbo, muito prejudiciais aos bichinhos. Se você não conseguir ensinar aos seus cães que eles não devem "comer" o que há no jardim, recomendamos que evite usar o produto. Abraços e volte sempre!

 

Como preparar húmus de minhoca

Gostaria de receber informações sobre como se faz húmus de minhoca, que tipo de terra, qual recipiente, que tipo de minhoca, etc. Moro em casa e tenho um pequeno quintal. Obrigado. Lourival Amaral
Descobri o site por acaso e me surpreendi com o conteúdo, adorei. Gostaria de saber como fazer húmus de minhoca, qual recipiente com drenagem ou não, que tipo de terra para iniciar, se o tipo de minhoca é especifico, se o recipiente fica no tempo, coberto ou não. Aguardo ansiosa. Já recomendei este site para mais duas amigas. Mônica


Olá Lourival! Olá Mônica!As dicas a seguir foram obtidas com o setor de Agrobiologia da Embrapa:
1. Arranje uma caixa grande e forre com plástico, lembre-se de fazer uns furinhos no fundo para não acumular água; 
2. Coloque uma camada de terra (2 cm) no fundo da caixa; 
3. Adicione restos vegetais picados (cascas de legumes, restos de verduras ou grama verde recém-cortada, por exemplo), formando uma camada de mais 2 cm;
4. Coloque uma camada de 2 cm de esterco seco de boi, de galinha ou coelho (use sempre luvas de plástico para lidar com o esterco); 
5. Cubra com uma camada de terra de mais 2 cm; 
6. Repita os passos 3, 4 e 5 até encher a caixa;
7. Regue com um pouco de água, de modo que fique tudo bem úmido. Mas não deixe encharcar;
8. Coloque duas ou mais minhocas (você pode encontrá-las na terra em locais mais úmidos e frescos do jardim ou adquirir matrizes Vermelha da Califórnia);
9. Cubra tudo com um pouco de palha seca (restos de grama), para manter a umidade e ficar bem fresquinho.
Mantenha a caixa na sombra e protegida da chuva. Reponha mais água, sempre que necessário e observe as minhocas trabalharem. Lembre-se de lavar bem suas mãos sempre que lidar com a composteira. O húmus estará pronto quando você não conseguir identificar mais as diferentes camadas que foram colocadas na caixa. O adubo assim produzido é conhecido como húmus de minhoca ou vermicomposto e é ótimo para as plantas caseiras e para a horta também.

 

Adubação de raphis e romã

Parabéns pelo belíssimo e completo site. Que eu visito todos > os dias com muito prazer....sempre!!!! Gostaria de saber como fazer adubação em plantas de vasos (raphis e romã). Como proceder para fazer esse trabalho sem a necessidade de contratar um profissional especializado? Tenho que retirar uma parte da terra atual e trocar por uma nova? Troco toda a terra? Coloco o adubo na própria terra? Enfim como faço?Andréa Freitas de Moraes

Olá Andréa! A equipe agradece o prestígio e conta sempre com suas visitas! Quanto às suas dúvidas, vamos lá: é claro que, periodicamente, temos que realizar o transplante das plantas quando o vaso fica muito pequeno para o porte da planta. Nesta ocasião, aproveitamos para acrescentar uma mistura de terra mais rica e, dependendo da espécie, incorporamos uma boa dose de adubação orgânica (composto curtido, húmus de minhoca, etc). Este é o caso da romã, por exemplo. Entretanto, mesmo sem transplantar, no caso das frutíferas, é possível acrescentar húmus de minhoca mesmo por cobertura - com o auxílio de um garfo para jardinagem, afofe a superfície da terra e misture o húmus na parte superficial, regando bem logo em seguida.
Quanto à palmeira raphis, que não exige solo muito adubado, a melhor opção é a aplicação de fertilizante líquido NPK 10-10-10, seguindo as orientações da embalagem. 

 

Violeta com formigas

Como afasto formigas dos vasinhos de violeta que ficam dentro de casa? Tatiane.

Olá Tatiane! Experimente espalhar alguns cravos (a especiaria usada para aromatizar doces e não a flor!) no pratinho da planta. Deve funcionar. Além disso, observe se a violeta não está sendo atacada por pulgões ou cochonilhas. Geralmente, a formigas vão em busca das secreções destas pragas. Se for o caso, aplique calda de fumo ou sabão. Veja a receita no site Jardim de Flores, na seção Jardinagem.

 

Quando adubar as plantas

Como saber que a planta necessita de adubação? Acho que peco por fornecer adubo demais. Será? Ceci

Olá Ceci! Cada planta apresenta necessidades específicas de adubação e é preciso conhecer um pouco a respeito das plantas que estamos cultivando. De forma geral, a planta está necessitando de adubação quando:
- apresenta crescimento lento (anormal) ou inexistente,
- - folhas pálidas ou amareladas,
- - pouca resistência a doenças ou ataque de pragas
- - flores pequenas, de colorido desbotado ou ausente
- - hastes fracas,
- - as folhas inferiores caem prematuramente

 

Torta de mamona

O que é torta de mamona? Maria José

Olá Maria José! A torta de mamona é um produto resultante da prensagem da mamona. É um adubo orgânico nitrogenado usado para ajudar a reestruturar o solo, facilitando a aeração e controlando a umidade. Pode ser usado em todos os tipos de plantas, sempre seguindo as instruções da embalagem.

 

Fertilizante substitui luz?

Tenho um vaso de jibóia no hall de entrada do meu apartamento, onde ficam os elevadores. Só que nesse lugar não existe claridade natural e as folhas estão ficando amareladas. Fiquei sabendo que existe um adubo ou um fertilizante que repõe essa claridade. Mas não sei como procurar e onde encontrar. Obrigada. Elaine Cristina.

Infelizmente, Elaine, não existe nenhum adubo ou fertilizante capaz de substituir a luminosidade natural. O que é possível fazer é instalar lâmpadas especiais, do tipo Grolux, que costumam funcionar para plantas que exigem pouca luminosidade como a jibóia. Mas elas devem ser mantidas acesas a maior parte do dia. Sem iluminação sua planta certamente não sobreviverá.
Boa sorte!

 

Composto orgânico e terra vegetal

Gostaria de saber a diferença entre composto orgânico e terra vegetal.
Adelina M. De Oliveira


Adelina, composto orgânico é uma mistura de materiais orgânicos que serve para enriquecer o solo com nutrientes. Chama-se composto orgânico"a matéria orgânica (restos de alimentos, folhas secas, cinzas, etc.) já decomposta e bem curtida". Húmus de minhoca, farinha de osso e esterco curtido também podem entrar na formação de um composto orgânico. Já a terra vegetal - que encontramos à venda em pacotes - é formada por terra adicionada de restos de plantas decompostos (restos vegetais, xaxim desfibrado, etc.), livre de pedras e outros resíduos.

 

Primavera

Gostaria de saber como cultivar primaveras, desde como fazer as mudas para plantá-las. 
Maria Inês Ramos
Tenho uma primavra muito bonita e gostaria de fazer algumas mudas desta planta para presentear alguns amigos que sempre comentam sobre a planta.
Júlio


A primavera (Bugainvillea) pode ser cultivada com sucesso, em qualquer região do Brasil. Em locais muito frios, sofre um pouco com as geadas mas assim que a temperatura sobe, volta a brotar e florir. Multiplica-se por alporquia ou por estacas retiradas de galhos lenhosos, com aproximadamente 20 cm. Em um recipiente pequeno e cheio de terra, enterre a estaca até cerca de 5 cm, regue e cubra com um saco plástico transparente. Coloque o vasinho à meia-sombra e regue quando a terra apresentar-se seca. Quando a mudinha começar a emitir novos brotos, vá levando o vasinho para um local mais iluminado, gradativamente, até chegar ao sol pleno. Plante no local definitivo após cerca de 10 meses. Os meses correspondentes à primavera (agora estou falando da estação do ano) são ótimos para a reprodução.
Para que sua primavera tenha sempre mais flores, alimente-a com materiais orgânicos (composto, torta de mamona, farinha de ossos) ou com adubos à base de fósforo, como uma fórmula NPK 4-14-8.

 

Adubação orgânica

Gostaria de parabenizá-los pela excelente qualidade do site, pela grande utilidade das informações que contém e o ótimo bom gosto. Moro em Mogi Mirim (interior de SP) e disponho muito espaço para plantar flores e plantas em geral. O local recebe sol durante todo o dia, porém o solo é pobre em nutrientes. Gostaria de saber o que fazer para deixá-lo em condições de plantar, sem utilizar adubação química, somente orgânica. Obrigado e todo o sucesso do mundo para vocês! 
Antonio


A equipe agradece, Antônio! A adubação orgânica é, realmente, uma ótima opção para melhorar um solo pobre. Em terrenos grandes, uma boa idéia é juntar galhos, folhas secas, areia, farinha de osso, terra e um pouco de calcário. Deixe a mistura em fermentação por uns 3 meses, molhando o composto periodicamente. Depois é só incorporar à terra. Se o solo da sua região não for arenoso, você pode aplicar esta boa receita utilizando esterco: 
* 1 parte (tome alguma medida como base) de terra peneirada;
* 1 parte de areia de rio
* 1 parte de pó de xaxim
* 1 parte de vermiculita
* 1 parte de esterco curtido
* ½ parte de farinha de osso
* ½ parte de torta de mamona
Misture tudo muito bem e espalhe nos canteiros, incorporando à terra. Esses produtos são encontrados facilmente em lojas de produtos agropecuários, inclusive o esterco, que em alguns locais já vem misturado com serragem e uréia.

 

Adubo orgânico

Gostaria de saber como se prepara adubo (composto) orgânico. Tenho uma pequena horta onde cultivo algumas hortaliças e vegetais. 
Patricia Fernandes


Patricia, para preparar composto orgânico, você terá de dispor de uma boa área no quintal para formar uma composteira que consiste em amontoar sobre o solo todo tipo de detritos vegetais finos como corte de grama, restos de podas, folhas, etc. Pode-se também juntar cascas de ovos e restos de pó de café. Sobre os detritos deve-se colocar sempre uma camada de terra, de forma que se obtém camadas alternadas de resíduos e terra. Além disso, deve-se manter o monte sempre úmido, para facilitar o processo de decomposição biológica do material pelos microorganismos naturais, que vão transformar todo o material num composto orgânico. Para acelerar o processo, pode-se espalhar 1 kg de farinha de sangue ou 25g de salitre do chile dissolvido em 10 litros de água, para cada m3 de massa da composteira. Camadas de esterco animal podem enriquecer ainda mais o adubo. Esse processo resulta num ótimo fertilizante, geralmente cerca de 90 a 120 dias após o início da massa. 


 

 

 


© Todos os direitos reservados.                                            Contato   Vídeos     Sobre Nós                                                         Visite a Loja do Jardim